O PRIMEIRO ANO DA SEGUNDA DÉCADA






Este foi o primeiro ano da segunda década do século 21; a primeira década foi marcada por terrorismo, epidemias e desastres naturais. O primeiro ano da segunda década parece ser apenas, mais intenso que os anteriores.

As palavras de Jesus, ecoam de forma profética - "Vigiai pois, porque não sabeis nem o dia nem a hora." Mt 25.13.

Uma das maiores realidades ignoradas em nossos dias, é que vivemos em dias de Juízo - Deus está julgando a humanidade - "Porque Deus há de trazer a juízo toda obra, e até tudo o que está encoberto, quer seja bom, quer seja mau" Ec 12.14.

O Juízo para a geração de Noé foi anunciado durante 120 anos; em nossos dias o Juízo está sendo anunciado a 168 anos. Três séculos ouviram essa mensagem urgente, os séculos 19, 20 e 21.

Os hebreus eram chamados a "afligir suas almas" [Lv23.27] no Dia do juízo que ocorria anualmente; nós que vivemos em tempo de Juízo, não devemos ter uma atitude diferente.

Se o século 19 foi o século das luzes e o século 20 o século da informação, o século 21 pode ser chamado o século do entretenimento.

Os maiores veículos de comunicação do planeta são usados para entretenimento; ou seja a população do planeta está sendo distraída para que o Juízo que ocorre em nossos dias passe desapercebido.

Fique atento e não permita-se ser distraído.

Esperança para você em 2013.

EVENTOS ANTES DO FIM DO MUNDO


O 'Fim do Mundo' ocorrerá quando uma intervenção sobrenatural ocorrer neste planeta - A Segunda Vinda de Jesus.

Jesus voltará a este planeta e acabará com a ordem natural que existe atualmente; isso é o fim do Mundo que tanto falamos.

O discurso de Jesus indicava que haveria muita apreensão sobre o Fim do Mundo; talvez por isso Ele tenha dito:  "Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito; vou preparar-vos lugar. E, se eu for e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos tomarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também" Jo 14.1-3.

Antes de Jesus vir e acabar com a rotina deste planeta e estabelecer o 'Fim do Mundo', acontecerão algumas coisas.

Veja os eventos que antecedem imediatamente a Segunda Vinda, ou o Fim do Mundo:

1. A Imitação da Segunda Vinda pelo Falso Cristo - Mt 24.23-28 e 2Ts 2.3-9

2. O Aparecimento em Glória, de Jesus no espaço sideral - Mt 24.30

3. O ajuntamento dos 'escolhidos' ou justos  Mt 24.31; 25.31 e 32

4. A Ressurreição dos mortos -  1Ts 4:15

5. A Transformação dos Justos - 1 Co 15.51-53

6. O Arrebatamento dos Justos (vivos e ressuscitados) - 1Ts 4:17

7. A morte dos ímpios - Ap 6.15-17 - morrem por que não suportam a glória de Jesus

8. A destruição parcial do planeta - 2 Pe 3.10-12 - Fim do Mundo

9. A vida no Céu por 1000 anos - Jo 14.1-3; Ap 20.4

Sendo assim, o 'Fim do Mundo' não haverá de acontecer sem antes haver esses grandes eventos descritos na profecia.

" Acautelai-vos, que ninguém vos engane" Mt 24.4.


SINAIS ANTES DO FIM DO MUNDO



O 'Fim do Mundo' é uma realidade. O Novo Testamento relata a pergunta dos discípulos de Jesus - "Declara-nos quando serão essas coisas, e que sinal haverá da tua vinda e do fim do mundo" Mt 24.3.

Jesus listou dezenas de eventos que ocorreriam antes do Fim propriamente dito, e ainda disse - "Acautelai-vos, que ninguém vos engane" v.4.

Em seu Sermão Profético Jesus listou os seguintes eventos antes do 'Fim do Mundo':

1.  "Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; a muitos enganarão" v.5 - isto se cumpriu com o advento de homens comuns se auto declarando como 'enviados' de Deus - Buda, Maomé, Confúncio, Maytrea etc.

2. "E ouvireis falar de guerras e rumores de guerras; olhai não vos perturbeis; porque forçoso é que assim aconteça; mas ainda não é o fim" - as guerras aqui se referem as que assolaram o império romano ocidental e oriental através dos povos bárbaros.

3. "Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino" - as lutas entre as nações, principalmente da Europa pós-império.

 4. "haverá fomes e terremotos em vários lugares" - os eventos da idade média, incluindo as pestes e epidemias descritas no mesmo sermão mas só mencionada por Lucas (21.11)

5. "Então sereis entregues à tortura, e vos matarão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome" - os 1260 anos de perseguição da igreja romana contra os cristãos dissidentes, são descritos aqui (538-1798).

6. "Nesse tempo muitos hão de se escandalizar, e trair-se uns aos outros, e mutuamente se odiarão" - os eventos da Reforma e Contra-Reforma no século 16.

7. "Igualmente hão de surgir muitos falsos profetas, e enganarão a muitos" - após a reforma, os EUA passou por 3 Grandes Reavivamentos que desencadearam uma onda de movimentos religiosos e também de Falsos Profetas - George Fox, Joseph Smith, Bernard Russel, Leah Fox, Margareth Fox e Kate Fox etc.

8. "por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos esfriará" - o século 20 e 21 são uma transcrição dessa profecia.

9. "E este evangelho do reino será pregado no mundo inteiro, em testemunho a todas as nações, e então virá o fim" - aqui temos um indício do último evento antes do fim - a pregação do evangelho cristão em todo o mundo.

O ÚLTIMO GRANDE ENGANO


Parece que Jesus sabia que 'O Fim do Mundo' seria algo explorado e usado de tal forma a enganar as pessoas, Ele mesmo disse: "se possível fora, enganariam até os escolhidos" v.24.

Mas a preocupação de Jesus quanto ao 'Fim do Mundo' e 'enganos' quanto a isso, começa com algo inimaginável; Jesus alerta sobre o engano quanto a este último evento, dizendo o seguinte - "Acautelai-vos, que ninguém vos engane. Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; a muitos enganarão " v.4 e 5.

Antes do 'Fim do Mundo', haverá o 'Grande Engano' ou o surgimento do ' Falso Cristo'.

Jesus aqui não se refere ao falsos cristos que surgiram na história das civilizações: Buda, Confúcio, Maytrea, Maomé etc. Todos estes se auto-denominaram como 'enviados' de Deus.

O apóstolo Paulo desenvolve o assunto do 'Grande Engano', antes do 'Fim do Mundo' de uma forma mais ampla:

"Ora, quanto à vinda de nosso Senhor Jesus Cristo e à nossa reunião com ele, rogamos-vos, irmãos, que não vos movais facilmente do vosso modo de pensar, nem vos perturbeis, quer por espírito, quer por palavra, quer por epístola como enviada de nós, como se o dia do Senhor estivesse já perto.
Ninguém de modo algum vos engane; porque isto não sucederá sem que venha primeiro a apostasia e seja revelado o homem do pecado, o filho da perdição, aquele que se opõe e se levanta contra tudo o que se chama Deus ou é objeto de adoração, de sorte que se assenta no santuário de Deus, apresentando-se como Deus.
Pois o mistério da iniqüidade já opera; somente há um que agora o detém até que seja posto fora; e então será revelado esse iníquo, a quem o Senhor Jesus matará como o sopro de sua boca e destruirá com a manifestação da sua vinda; a esse iníquo cuja vinda é segundo a eficácia de Satanás com todo o poder e sinais e prodígios de mentira" 2 Ts 2.1-9

Paulo diz que antes da Segunda Vinda - que determinará o Fim do Mundo - três coisas precisam ocorrer:
1. Apostasia - a igreja cristã apostataria (538-1798, os 1260 anos de tribulação)
2. Seja revelado o 'homem do pecado' - ou o Papado: se opõem a Deus; se faz objeto de adoração; e se assenta no Santuário de Deus e se apresenta como Deus.
3 Seja revelado o Iníquo - "cuja vinda é segundo a eficácia de Satanás com todo o poder e sinais e prodígios de mentira" - esse é o próprio Satanás.

Esse texto afirma que Satanás imitará a Segunda Vinda, e cumprirá a profecia de Jesus, que apontava para um Falso Cristo - "Se, pois, alguém vos disser: Eis aqui o Cristo! ou: Ei-lo aí! não acrediteis... Portanto, se vos disserem: Eis que ele está no deserto; não saiais; ou: Eis que ele está no interior da casa; não acrediteis. Porque, assim como o relâmpago sai do oriente e se mostra até o ocidente, assim será também a vinda do filho do homem" Mt 24:23, 25-27.

O texto da profecia de Paulo afirma que haverá a "vinda (Parousia) segundo a eficácia de Satanás com todo o poder e sinais e prodígios de mentira"  2 Ts 2.9

A mesma palavra no grego que descreve o aparecimento de Jesus (Parousia) é usada para descrever o aparecimento (Parousia) do Iníquo (Satanás).

O fim do Mundo não ocorrerá antes que ocorra o aparecimento do 'Falso Cristo'.

"Acautelai-vos, que ninguém vos engane" Mt 24.4. 

NOVA DATA PARA O FIM DO MUNDO


Seguidores do radialista evangélico que havia declarado o último sábado [Maio de 2012] o "Dia do Julgamento" estão, agora, tentando entender o porquê de a profecia não ter se concretizado.


Alguns seguidores de Harold Camping expressaram surpresa depois de o dia ter passado sem nenhum acontecimento apocalíptico; outros disseram que a ausência de ocorrências era mais uma forma de Deus colocar sua fé à prova.

Enquanto isso, Camping, a figura no centro da polêmica, não é visto em público há dias.

Procurado pela agência Associated Press, ele disse que daria explicações em um pronunciamento na noite desta segunda-feira.

Camping havia previsto que Jesus Cristo retornaria à Terra em 21 de maio de 2011, data em que os crentes levados, “extasiados”, rumo ao céu. Fonte: BBC

Agora, o pastor norte-americano estendeu a data do fim do mundo, afirmando que o mês de outubro é apenas o início...

Assista o vídeo:

O POVO AMERICANO E SUAS ESCOLHAS



“Eleitores nos Estados americanos de Maine e Maryland aprovaram, em um referendo realizado na terça-feira, o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Já Washington e Colorado votaram pela legalização da maconha, como droga recreativa.

O casamento gay já é permitido em seis Estados americanos, mas esta foi a primeira vez que a medida foi aprovada em um referendo, pelo voto popular, e não apenas através do processo legislativo e judiciário.

Tanto o Colorado quanto Washington permitirão posse de até 28 gramas de maconha. No caso do Colorado, o uso da droga em espaços públicos é permitido, mas os cidadãos terão direito de cultivar até seis pés de maconha em casa.

Já em Washington, os eleitores aprovaram um sistema de licenças estatais que serão emitidas a produtores de maconha. Em Massachusetts, um referendo aprovou o uso medicinal da maconha.

Na terça-feira, foram realizados 176 referendos em 38 dos 50 Estados americanos. Na Califórnia, eleitores votaram uma proposta para por fim à pena de morte, mas o resultado ainda não foi divulgado.

Entre os assuntos que foram votados, estão a obrigatoriedade de indicar nos rótulos de alimentos a presença de ingredientes geneticamente modificados na Califórnia, o direito a decidir pela própria morte em Massachusetts e o uso obrigatório de camisinhas por atores pornôs em Hollywood.

O voto que mais afetará não é o que definiu o ocupante da Casa Branca, mas o sobre a legalização da maconha no estado de Washington e no Colorado. Muitos analistas esperam que a decisão de passar a medida desfira um profundo golpe nos enormes lucros dos poderosos carteis de droga mexicanos. 

A maconha é responsável por boa parte de seu lucro, no valor de US$ 6 bilhões (R$12,3 bilhões) por ano, através do tráfico ilegal".

 Fonte: BBC

[O que se pode esperar para uma nação, diante de tantas decisões que atingem os princípios cristãos e as Sagradas Escrituras?]

O FALSO PROFETA



O Apocalipse apresenta a figura de um ‘Falso Profeta’ no ‘Tempo do Fim’. Ele é mencionado 3 vezes da Revelação – Ap 16.13; 19.20; 20.10 – sendo duas delas sobre sua condenação.

A primeira vez que o Falso Profeta é mencionado, é quando  três espíritos imundos surgem a partir da ‘boca’ do Dragão [Satanás] e da Besta [Papado] e do Falso Profeta.

Essa Tríade aparece antes disso quando o Dragão e visualizado na visão [Ap 12] e das duas Bestas [Ap 13].

O Dragão e os dois ‘animais’ na simbologia da visão – a ‘Besta que sai do mar’ [13.1] e a ‘Besta que sai da terra’ [13.11] – formam uma Tríade, mimetizando a Trindade; a falsa trindade. O último animal é aceito como a nação norte americana, os EUA.

Assim como a ‘Primeira Besta’ [Ap 13] é transmudada na ‘Grande Prostituta’ [Ap 17], vemos também a ‘Segunda Besta’ sendo transmudada em ‘Falso Profeta’. Isso porque ganham uma nova dimensão religiosa na aplicação da profecia.

Assim como existe a ‘Noiva’ e o ‘Esposo’ [Ap 21], aqui temos também um casal – ‘A Grande Prostituta [Ap 17.1] e o ‘Falso Profeta’ [Ap 16.13].

Em uma linguagem codificada a Igreja Romana e os Protestantismo apostatado são a ‘Grande Prostituta’ e o ‘Falso Profeta’.

O ícone do Protestantismo apostado e da própria Segunda Besta pode ser representado muito bem no Presidente re-eleito Barack Obama. Sua performance nos púlpitos e no palanque, fazem da transição de símbolos, uma coisa muito fácil de se assimilar.

Barack Obama é um evangélico da fé reformada e assistia na Trinity United Church of Christ, um segmento evangélico para negros e com fortes raízes culturais afro-descendente.
A leitura que Barack Obama faz da Bíblia [sua interpretação] pode ser compreendida através do vídeo abaixo. Uma leitura pós-moderna onde a autoridade não é a Escritura Sagrada, mas o ponto de vista do leitor pós-moderno.


Barack Obama não é o ‘Falso Profeta’; essa imagem que o Apocalipse oferece é bem representada no Protestantismo apostatado, principalmente o norte-americano.

Mas no discurso após sua re-eleição ele bem que ofereceu umas ‘profetadas’, dignas de um falso profeta. Assim como Caifás em sua cegueira espiritual e caída condição, fez declarações sem entender o contexto que se passava [Jo 11.50], Barack Obama também fez algumas declarações mais significativas do que parecem:

1ª declaração:
"Nós nos levantamos, demos a volta por cima e sabemos nos nossos corações que para os EUA, o melhor ainda está por vir", disse Obama.
Sim, ‘o melhor está por vir’, e “quando vier o Filho do homem na sua glória, e todos os anjos com ele, então se assentará no trono da sua glória; e diante dele serão reunidas todas as nações; e ele separará uns dos outros, como o pastor separa as ovelhas dos cabritos” Mateus 25.31-33.

2ª declaração:
Sobre o futuro, algo que preocupa muito os cristãos, ele afirmou que voltava à Casa Branca "mais determinado, e mais inspirado do que nunca a respeito do trabalho que há a fazer, e ao futuro que está à frente".

3ª declaração:
Quse que em tom espiritual, afirmou que "somos uma família americana e caímos e nos erguemos juntos como nação", disse ele.

4ª declaração:
Obama disse também, republicanos e democratas devem por "o povo antes da política". Mas o que dizer de colocar o povo antes dos princípios relgiosos?

Obama não é o Falso Profeta; assim como a ‘Grande Prostituta’ representa um sistema religioso prostituido, a imagem do Falso Profeta evoca a figura do líder espiritual mas com declarações falsas sobre princípios, religião e espiritualidade.

ECUMENISMO ALCANÇA OS BATISTAS



[Depois dos Luteranos assinarem um acordo de união doutrinária com o catolicismo romano em 31 de Outubro de 1999, o alvo do Vaticano agora são os Batistas.]

"Um estudioso dos EUA representando a Aliança Batista Mundial em uma reunião recente [16/12/2012] no Vaticano em Concílio de bispos católicos, descreveu a sua presença como "um momento de importância histórica."

"Batistas e católicos divergem sobre importantes questões eclesiais e teológica, mas temos o compromisso de buscar uma maior compreensão mútua através de um processo de diálogo e de escuta amorosa respeitoso," afirma Timothy George,  em declarações entregues no 13 º Assembléia Ordinária Geral do Sínodo dos Bispos, hospedados pelo Papa Bento XVI.

Timothy George é presidente da Comissão de Doutrina BWA e da Unidade dos Cristãos. "Jesus orou ao Pai celeste que os seus discípulos seria um para que o mundo creia", disse George. "A partir de velho, o sangue dos mártires era a semente da igreja, agora o sangue dos mártires de hoje é a semente da unidade da igreja."

George, convidado como representante fraterna ao sínodo 07-18 outubro, com o tema "A nova evangelização para a transmissão da fé cristã", disse a unidade cristã não é um fim em si, mas "é sempre a serviço da evangelização".

"Onde o nosso testemunho é fraturado, a nossa mensagem é convincente, se não inaudível", disse ele.
George disse que os batistas confessam sua fé com todos os cristãos "uma fé robusta no um Deus trino, que em sua grande misericórdia e amor nos faz participantes da sua vida divina através de Jesus Cristo, o grande evangelizador que, nos salva pela sua graça."

Ele também citou o compromisso batistas históricos para a liberdade religiosa, não só para si, mas para todos.

"Hoje, em muitos lugares, a liberdade religiosa está sob ataque de muitas maneiras - alguns flagrante e outros mais sutil", disse George. "Todos os cristãos que levam a sério o chamado de Jesus para evangelizar também deve ficar e trabalhar em conjunto para a proteção e florescimento da liberdade religiosa universal, tanto para os indivíduos e para as instituições de fé."

O sínodo, coincidindo com o 50 º aniversário do Concílio Vaticano II, explorou novas formas de proclamação do evangelho em meio a crescente secularização, particularmente em países de tradição cristã. Ao invés de procurar a "re-evangelizar" a Europa, apelando para sua herança cristã anterior, o papa está buscando novos métodos e expressões do evangelho que reconhecem realidades do dia de hoje.

O ministro batista é ordenado da Convenção Batista do Sul, e tem sido ativo em vários empreendimentos ecumênicos incluindo Evangélicos e Católicos Juntos , um documento de 1994 assinado por evangélicos e estudiosos católicos romanos nos Estados Unidos, eo Internacional Batista-romana diálogo católico , um dos vários diálogos bilaterais sob os auspícios da Aliança Batista Mundial.

Fonte: ABP News

[Os pais da reforma, os luteranos já assinaram um acordo com o papado; agora os batistas se aproximam e demonstram o mesmo interesse. Depois que presbiterianos e metodistas fizerem o mesmo, teremos as grandes denominações protestantes ligadas ao papado, e a reforma terá sido apenas um intervalo a ser esquecido pelos historiadores cristãos. Quem vai resistir ao papado? ]

PROTESTANTES JÁ SÃO MINORIA NOS EUA



[Apocalipse 13 sempre intrigou os estudantes da profecia porque as bestas (animais=reinos) ali descritos são apontados como o EUA e o Vaticano; no entanto o EUA sempre foi historicamente um país protestante por excelência. Mas o século 21 escreve uma nova história para este país e projeta uma imagem como a profecia antecipava – um EUA mais católico e tendencioso ao romanismo.]

“Atualmente não há sequer um juiz protestante na Suprema Corte dos Estados Unidos, e o Partido Republicano enfrenta suas primeiras eleições presidenciais sem ter contado com um único pré-candidato da religião. Os indícios de uma mudança na sociedade americana já se faziam notar.

E foram comprovados por uma pesquisa do Instituto Pew: apenas 48% dos americanos se identificam com a religião. Ou seja, o protestantismo perdeu sua hegemonia pela primeira vez na História dos EUA.
A principal razão para o declínio é o crescimento acentuado de um outro grupo - o dos agnósticos. Os números mostram que 20% dos americanos, hoje, dizem não ter qualquer filiação religiosa, um aumento de cinco pontos percentuais em relação à última checagem, feita há cinco anos.

O resultado foi obtido por uma série de enquetes que ouviram mais de 17 mil pessoas, e a margem de erro é de apenas 0,9 ponto percentual. Não faltam, porém, sombras entre a frieza das estatísticas e a subjetividade de temas como religião e espiritualidade. Pesquisadores têm debatido calorosamente para decidir se as pessoas que dizem não pertencer mais a um grupo religioso podem ser consideradas laicas. A categoria “agnóstico”, segundo o Pew, optou por abrigar quem apenas diz “acreditar em Deus” e a minoria que se considera “espiritual, mas não religiosa”.

Os números têm um aspecto político: 24% dos americanos que se descrevem como sem religião votam majoritariamente no Partido Democrata, apoiam a legalização do aborto e o casamento gay.

O fenômeno desafia os pesquisadores. Na Europa, o crescimento do secularismo sempre esteve atrelado à riqueza crescente do continente. Resta explicar como um país industrializado, como os EUA, conseguiram manter por tanto tempo profundas raízes religiosas, apesar de sua riqueza.
- Parte do que ocorre é que diminuiu o estigma de não se estar associado a uma comunidade religiosa - arrisca John Green, da Universidade de Akron, que assessorou a pesquisa.”

Fonte: O Globo

[A Pesquisa apenas evidencía o que a profecia já havia descrito, que os EUA irá cumprir os propósitos do Vaticano e promover o cristianismo romanizado. Esse tipo de cristianismo (romanizado) foge do cristianismo bíblico. Isso na profecia se dá pela imposição da Marca da Besta em oposição ao Selo de Deus (Ezequiel 20.12 e 20). Quem lê entenda.]

O INCÊNDIO DAS EMBAIXADAS E DE BABILÔNIA



“Após a onda de revolta contra os Estados Unidos ter alcançado vários países árabes do Oriente Médio e Norte da África nesta quinta-feira, as manifestações contra o filme ‘Innocence of Muslims’ (A Inocência dos Muçulmanos, em tradução livre do inglês), considerado ofensivo ao Islã, se intensificaram no Egito nesta sexta-feira, dia sagrado para o islamismo. Na véspera, conflitos no país já haviam deixado um saldo de 224 feridos.

“No Sudão, milhares de manifestantes incendiaram nesta sexta-feira a embaixada da Alemanha em Cartun
Caricaturas - A violência prosseguiu nesta sexta-feira em outros países árabes. Um dos episódios mais tensos foi registrado no Sudão, onde milhares de manifestantes incendiaram a embaixada da Alemanha em Cartun. A multidão arrancou a bandeira do país do prédio e a substituiu por um símbolo islamita. O ministro alemão de Relações Exteriores, Guido Westerwelle, anunciou que os funcionários estão a salvo.

“Outros países - No Iêmen, onde quatro pessoas morreram durante confronto na quinta-feira, as forças de segurança bloquearam, nesta sexta-feira, ruas nas imediações da embaixada americana em Sanaa, capital do país. Em uma mesquita próxima à missão diplomática, centenas de pessoas carregavam faixas e cartazes contra o filme. Segundo a rede Al Jazeera, policiais deram tiros de advertência e usaram jatos de água para dispersar a multidão.

“Ainda nesta sexta-feira, cerca de 500 pessoas se reuniram para protestar em frente à embaixada norte-americana em Jacarta, Indonésia. "Esse filme insulta nosso profeta. O condenamos. É uma declaração de guerra", afirmou à agência Reuters um representante do movimento islamita Huzbut Tahrir, organizador do movimento. No Catar, cerca de mil pessoas carregando bandeiras participaram de uma manifestação pacífica pelas ruas da capital, Doha”.

Fonte: Efe, AFP e Reuters
Manifestantes seguram uma bandeira com os dizeres "O único Deus é Alá e seu profeta é Maomé" durante protesto na embaixada americana em Sana, no Iêmen - Yahya Arhab/EFE]

Os Muçulmanos tem uma participação de destaque nas profecias do Apocalipse; as 5ª e a 6ª Trombetas (Apoc. 9) são protagonizadas por este povo. Ou seja antes da Segunda Vinda de Jesus (7ª Trombeta) as cenas dentro do contexto de juízo e castigo, são efetuadas pelo povo muçulmano.

Esta é uma indicação de que até a manifestação de Jesus através da Segunda Vinda, teremos os muçulmanos agindo no contexto das Trombetas.

As Trombetas no Apocalipse são um símbolo do Juízo ou castigo que Deus impõem às nações que oprimem o povo de Deus através dos séculos. Veja a sequência das Trombetas e sua ação através dos séculos:

1ª Trombeta – Destruição de Jerusalém – ano 70 dC
2ª Trombeta – Queda do Império Romano – a partir do 3º Século
3ª Trombeta – Juízos sobre a Igreja Romana apostatada (invasão dos povos bárbaros) – 4º e 5º Século
4ª Trombeta – Idade Média (pragas e doenças)
5ª Trombeta – Surgimento do Islamismo (queda de Constantinopla) – 6º e 7º Século
6ª Trombeta – Expansão dos Muçulmanos pela Europa – a partir do 15º Século
7ª Trombeta – Segunda Vinda

O hiato entre a 6ª e 7ª Trombeta compreende o século 19 a 21 onde ainda sentimos as influências deste povo sobre as nações ocidentais.
Embora a origem do Islã e do povo muçulmanos seja identificado como “o poço do abismo” (Ap 9.2) os Muçulmanos são manejados por de Deus para castigar a idolatria e apostasia das nações ocidentais, onde Europa e EUA são os principais alvos da Divindade.

Os incêndios nas embaixadas americanas nos fazem remeter às cenas do incêndio de Babilônia.

No capítulo 18 temos a cena de babilônia sendo incendiada – “Por isso, num mesmo dia virão as suas pragas, a morte, e o pranto, e a fome; e será consumida no fogo; porque forte é o Senhor Deus que a julga.  E os reis da terra, que com ela se prostituíram e viveram em delícias, sobre ela chorarão e prantearão, quando virem a fumaça do seu incêndio; e, estando de longe por medo do tormento dela, dirão: Ai! ai da grande cidade, Babilônia, a cidade forte! pois numa só hora veio o teu julgamento” Ap 18.8-10.

Talvez esse incêndio de Babilônia seja ainda um castigo Divino sobre a ação dos muçulmanos; só o futuro poderá revelar isso.

ÁGUAS VERMELHAS NA CHINA EVOCAM CENAS DO APOCALIPSE


"Moradores de Chongqing, metrópole chinesa situada no sudoeste do país, ficaram perplexos com a visão que estavam tendo do rio Yantzé, a partir de quarta-feira, 5 de setembro.
O que era visto no rio Yangtze, o mais longo da China, surpreendeu os habitantes da cidade. As águas do rio, no trecho em torno de Chongqing, pareciam ter sido tingidas de um vermelho cor de sangue.
Os moradores suspeitam que algum tipo de poluição severa tenha causado a transformação, mas funcionários do departamento encarregado das questões ambientais em Chongqing, afirmaram que a causa da mudança na cor se devia à presença de um tipo específico de areia, em suspensão na água.
Através de comunicado oficial, as autoridades disseram que as inundações que acontecem em direção às cabeceiras do rio, com a areia lavada em excesso, transformaram as águas do rio em um vermelho brilhante.
As autoridades também fizeram questão de afirmar que não encontraram qualquer evidência de despejo ilegal de esgoto; no entanto, os internautas estão questionando o anúncio oficial". 
Fonte: NTD Television
Águas dos rios e mares transformados em sangue são algo predito nas profecias do Apocalipse; como as profecias se utilizam de símbolo não há evidências no texto bíblico se o evento predito será como ocorre na china (onde as águas apenas ficam vermelhas) ou se haverá sangue nas águas realmente.
Esse sinal de 'águas em sangue' são narrados no Apocalipse na seção das 7 Pragas; serão juízos de Deus sobre a Terra e seus moradores. Também serão fenômenos sobrenaturais e não terão ligação com fatores ambientais, como alguns imaginam.
As Pragas do Apocalipse são castigo Divino aos homens que "não se arrependeram para darem glória" a Deus" Ap 16.9. São intervenções sobrenaturais que visam chamar atenção dos pecadores impenitentes. Isso determina o caráter sobre-humano dos eventos.
As águas sendo transformadas em sangue não serão resultado da ação do homem sobre o ambiente, mas da ação Divina sobre o homem.
Por enquanto os homens estão sorrindo e achando curioso os fatos na China; mas quando os eventos das Pragas ocorrerem, os homens "blasfemar[ão] o Deus do céu; e não se arrepende[ão] das suas obras" Ap 16.11.

50 ANOS DO CONCÍLIO VATICANO II



“Neste ano se comemora o 50º aniversário da abertura do concílio, provavelmente o mais importante acontecimento da Igreja Católica no século XX. Foi no dia 11 de outubro de 1962 que a Basílica de São Pedro amanheceu inundada pelas vozes do papa João XXIII e de 2.500 bispos, entoando o Veni Creatur Spiritus - um pedido ao Espírito Santo para que os iluminasse.
No dia seguinte, o jornal Estado dedicou a primeira página inteiramente ao assunto, como se pode ver na reprodução logo abaixo (para os leitores que desejarem ver a íntegra da página, basta clicar aqui ). O jornal cobriu todos os passos da assembléia, que só iria terminar em 1965, já sob o pontificado de Paulo VI.

O Concílio Vaticano II foi um marco para aquela igreja; foi a partir dele que se abriu o diálogo com outras religiões, a Teologia da Libertação fincou raízes, parte do episcopado se envolveu mais com os direitos humanos, as Comunidades Eclesiais de Base (Cebs) ganharam destaque no debate de problemas sociais. No Brasil, as comunidades influenciaram a criação do Movimento dos Sem-Terra (MST) e ajudaram na formação do Partido dos Trabalhadores (PT).
Alguns de seus grandes temas, como a democracia interna da Igreja, o ecumenismo, o diálogo inter-religioso, a missa em latim, o papel dos leigos, o celibato, a participação das mulheres, entre outros, estão vivos e ganhando cores novas nas comemorações do cinquentenário”. Fonte: Jornal Estadão / J. Arruda
A profecia indica que o papado passaria por duas estapas;
1.      A ferida de morte – Apocalipse 13.3
2.     A Cura da ferida – Apocalipse 13.12
De acordo com a interpretação bíblico-histórica deste capítulo do Apocalipse, o símbolo do animal que sai do mar representa um reino – o papado e seu reinado na Europa entre 508 a 1798.
Foi no final deste período profético (42 meses, ou 1290 dias/anos) que a ferida mortal foi aplicada, pela Revolução Francesa sob o papado, ou mais especificamente a prisão do papa, finalizando sua hegemonia político-religiosa na Europa.
 A cura da ferida ocorre (ou o início do processo de cura) quando o estado italiano devolve as terras do Vaticano em 1929 ao papado, e este se instala como governo religioso. 

Aqui também surge uma nova fase da profecia.
O catolicismo não seria mais um governo estatal (animal / besta – Ap 13) mas uma igreja-estado (Mulher / Meretriz – Ap 17).; ou Cidade - Ap 18)
O Concílio Vaticano II se constitui como uma forma da Mulher de Ap 17 estender seu cálice às nações e “se embebedaram com o vinho da sua prostituição”. Apocalipse 17:2
O “vinho da sua prostituição” são as doutrinas corrompidas do cristianismo romano, que estão longe das doutrinas puras do cristianismo judaico, do Jesus Nazareno.
O Jesus dos católicos é muito romano, e seus ensinos pagãos; o Jesus Nazareno é Aquele relatado nos evangelhos, de uma pureza doutrinária.
Já faz 5 décadas de embriaguez às nações; mas da meretriz é dito – “Vem, mostrar-te-ei a condenação da grande prostituta” Apocalipse 17:1.

Quem viver, verá.

NASA CONFIRMA PREVISÃO BÍBLICA SOBRE ASTERÓIDES



"A Nasa calcula que há 4.700 asteroides potencialmente perigosos para a Terra, segundo os dados da sonda WISE, que analisa o cosmos com luz infravermelha, informou nesta quarta-feira a agência espacial americana.
A agência assinalou que as observações da WISE (Wide-field Infrared Survey Explorer) permitiram a melhor avaliação da população dos asteroides potencialmente perigosos de nosso sistema solar.
Esses asteroides têm órbitas próximas à Terra e são suficientemente grandes para resistir à passagem pela atmosfera terrestre e causar danos se caírem no nosso planeta.
Os novos resultados foram recolhidos pelo projeto NEOWISE, que estudou, utilizando luz infravermelha, uma porção de 107 asteroides potencialmente perigosos próximos à Terra com a sonda WISE para fazer prognósticos sobre toda a população em seu conjunto.
Segundo a Nasa, há aproximadamente 4.700 deles - com uma margem de erro de mais ou menos 1.500 -, que têm diâmetros maiores de 100 metros".
A profecia bíblica afirma que haverá fenômenos a ocorrer próximo a Segunda Vinda de Jesus, que incluem:
1. Tempestade de relâmpagos (raios)
2. Grande e forte terremoto
3. Maremoto cobrindo as ilhas
4. Queda de asteróides
Jesus falando sobre  o fim do mundo e dos sinais deste evento final, afirmou - " os homens desfalecerão de terror, e pela expectação das coisas que sobrevirão ao mundo; porquanto os poderes do céu serão abalados" Lucas 21.26.
Essa é uma profecia que antecede o maior de todos os eventos escatológicos - o retorno de Jesus a esse planeta.
Fonte: EFE

O PLANETA PÓS-APOCALIPSE



“Uma artista plástica criou maquetes detalhadas que mostram como seria um futuro pós-apocalíptico.
Lori Nix passa semanas reconstruindo cada detalhe nestas maquetes que mostram como lugares do cotidiano – como lojas, residências, bibliotecas – ficariam após uma catástrofe.

O apartamento da artista, no bairro americano do Brooklyn, está tomado por maquetes que têm o tamanho de uma casa de bonecas. "Cada quarto do meu apartamento é dedicado ao processo de construção e fotografia de maquetes", diz Nix.

Ela conta que passa noites e finais de semana inteiros trabalhando nos modelos. Durante o dia, ela é fotógrafa profissional. As obras da artista americana serão exibidas em Toronto, no Canadá”. BBC
O que impressiona nas maquetes da artista é sua realidade sobre as cenas após o Apocalipse ou destruição do planeta. De acordo com a Bíblia essa destruição se dará por ocasião da Segunda Vinda de Jesus – “Ora, os céus que agora existem e a terra, pela mesma palavra, têm sido entesourados para fogo, estando reservados para o Dia do Juízo e destruição dos homens ímpios. (...)

Não retarda o Senhor a sua promessa, como alguns a julgam demorada (...)  Virá, entretanto, como ladrão, o Dia do Senhor, no qual os céus passarão com estrepitoso estrondo, e os elementos se desfarão abrasados; também a terra e as obras que nela existem serão atingidas.

Visto que todas essas coisas hão de ser assim desfeitas, deveis ser tais como os que vivem em santo procedimento e piedade, esperando e apressando a vinda do Dia de Deus, por causa do qual os céus, incendiados, serão desfeitos, e os elementos abrasados se derreterão” 2 Pedro 3:7-12.
O planeta será parcialmente destruído na Segunda Vinda e não haverá sobreviventes – os justos (vivos e ressuscitados) serão arrebatados – “Porquanto o Senhor mesmo... descerá dos céus, e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro; depois nós os que ficarmos vivos seremos arrebatados aos céus ao encontro do Senhor nas nuvens”    1 Tes 4:16 e 17.

Jesus explicando o destinos dos justos e ímpios, afirmou – “E irão estes para o castigo eterno, porém os justos, para a vida eterna.” Mateus 25:46

Em uma parábola ilustrou o destino dos ímpios – “E o servo inútil, lançai -o para fora, nas trevas. Ali haverá choro e ranger de dentes.” Mateus 25:30

No capítulo 19 do Apocalipse é descrito a Segunda Vinda como uma batalha – “Vi o céu aberto, e eis um cavalo branco. O seu cavaleiro se chama Fiel e Verdadeiro e julga e peleja com justiça (...) e seguiam-no os exércitos que há no céu, montando cavalos brancos, com vestiduras de linho finíssimo, branco e puro.” 19:11 e 14.

É o Armagedom, a última batalha pela posse do Planeta, descrita em símbolos militares no Apocalipse. Jesus é visto em um cavalo branco, como os antigos imperadores faziam, cercado por exércitos de cavaleiros.

Outra evidência é a informação do Apocalipse quanto aos inimigos a serem combatidos – “E vi a besta e os reis da terra, com os seus exércitos, congregados para pelejarem contra aquele que estava montado no cavalo e contra o seu exército.” 19:19

Mas a destruição final nesta Segunda Vinda retratada de forma militar é descrita como macabra; os corpos dos ímpios sendo devorados por aves de rapina – “Então, vi um anjo posto em pé no sol, e clamou com grande voz, falando a todas as aves que voam pelo meio do céu: Vinde, reuni-vos para a grande ceia de Deus, para que comais carnes de reis, carnes de comandantes, carnes de poderosos, carnes de cavalos e seus cavaleiros, carnes de todos, quer livres, quer escravos, tanto pequenos como grandes.” 19:17 e 18

Na descrição deste Cavaleiro Cósmico que vem resgatar os justos no planeta, Ele é visto com sua Arma letal – “Sai da sua boca uma espada afiada, para com ela ferir as nações; e ele mesmo as regerá com cetro de ferro e, pessoalmente, pisa o lagar do vinho do furor da ira do Deus Todo-Poderoso.” 19:15

As nações são feridas e exterminadas pela ‘palavra de ordem' durante a manifestação cósmica de Jesus no espaço atmosférico da terra – “Porquanto o Senhor mesmo, dada a sua palavra de ordem, ouvida a voz do arcanjo, e ressoada a trombeta de Deus, descerá dos céus...” 1 Tes. 4:16 e 17.

A Voz que ressuscita os Justos, fere mortalmente os ímpios; a glória de Jesus manifestada aos olhos dos ímpios é devastadora.

A Terra ficará desolada e vazia. Como nas maquetes da artista visionária. 

AS 10 FOTOS MAIS POPULARES DA ERA DIGITAL


Um site especializado em fotografias elegeu as 10 fotos mais acessadas e famosas da era das imagens. Para se chegar ao resultado foi feita uma compilação de listas publicadas por sites especializados em fotografia, cultura pop e história. O objetivo da pesquisa era identificar quais eram as 10 fotografias mais famosas de todos os tempos. 


Dentre as 10 fotos destacadas, 06 delas tem haver com a guerra. Se as fotos tinham o objetivo de destacar a trajetória da história recente, a triste evidência é que a guerra é o cenário em que temos vivido nas últimas 5 décadas.


Jesus em seu sermão profético destacou as guerras como um dos sinais que precederiam a Segunda Vinda - "E, certamente, ouvireis falar de guerras e rumores de guerras; vede, não vos assusteis, porque é necessário assim acontecer, mas ainda não é o fim" Mateus 24:6.


A triste evidência é que as guerras indicam que 'ainda não é o fim'. 


Parece que a guerra, armas, violência e morte são o melhor que  humanidade pode destacar em sua história.


Mas Deus promete que no novo planeta que ele irá recriar - "E lhes enxugará dos olhos toda lágrima, e a morte já não existirá, já não haverá luto, nem pranto, nem dor, porque as primeiras coisas passaram" Apocalipse 21:4.


No entanto se pudéssemos revelar as cenas do passado distante, que contam as intervenções de Deus através da história, teríamos outras cenas e retratos de esperança.


Quais seriam as cenas mais espetaculares da intervenção de Deus na história humana?


1 - A provisão na morte de um cordeiro, quando Adão e Eva estavam prestes a morrer pela condenação da Lei. O cordeiro morto prefigurava o Messias que assumiria o lugar deles.


2 - O dilúvio - a pregação de Noé por 120 anos foi um dos instântes mais frágeis da raça humana; estivemos próximos da extinção, mas Deus proveu um escape.


3 - Abraão - uma impossibilidade, convertida em um nação. A vida deste patriarca é um reflexo das nossas; as suas possibilidades uma certeza das nossas possibilidades. 


4 - O Sinai - foi um dos momentos mais incríveis pela extensa revelação que Deus permitiu jorrar sobre os humanos. Aqui esta o proto-iluminismo humano na legislação das leis ao povo hebreu.


5 - O Exílio - o início da ação mundial de Deus em levar seu Evangelho a todas as nações; por meio do exílio dos judeus, as mais variadas civilizações conheceram a Deus de uma maneira inusitada.


6 - Jesus - seu nascimento, vida e morte foi o Iluminismo por excelência na religião.


7 - Morte do Salvador - o ponto crucial de toda história humana; se hoje existimos foi por que um dia Jesus sucumbiu à morte.


8 - Ressurreição - a vitória de Jesus sobre o último inimigo - a morte. Tudo seria possível após a ressurreição; tudo é possível e viável por que Jesus está vivo e intercede por nós.


9 - Pentecostes - sobre os discípulos e todos os crentes em todas as épocas. Por que a Chuva Temporã ainda cai, e todos os dias é um Pentecostes para o crente que crê.


10 - Paulo - e seu ministério e edição de cartas; se Jesus foi o originador, Paulo foi o mentor da igreja cristã.  

UMA COISA DE CADA VEZ, EM CUBA



Sob o olhar desaprovador do ateísta Chê Guevara, ao fundo, Cuba declarou a próxima Sexta-Feira Santa como feriado em reconhecimento a um pedido do papa Bento 16.

O governo comunista decidirá posteriormente se tornará a Sexta-Feira Santa, dia em que os cristãos comemoram a morte de Cristo, um feriado permanence, segundo a imprensa local.

O feriado será celebrado neste ano em 6 de abril. Bento 16 solicitou o feriado, parte das celebrações da Páscoa, em reunião na terça-feira, em Havana, com o presidente Raúl Castro, disse o Vaticano.

Após a revolução cubana de 1959, o então líder Fidel Castro acabou com os feriados religiosos, como parte da transformação ao comunismo.

Em dezembro de 1997, o então presidente Fidel Castro, afastado do poder desde 2006 por motivos de doença, decretou feriado de forma excepcional 25 de dezembro, dia de Natal, devido à iminente visita do papa João Paulo II, que foi realizada de 21 a 25 de janeiro de 1998. Após a visita de João Paulo II, o dia de Natal tornou-se feriado de forma permanente.

Primeiro foi o Natal, depois a Páscoa, quem sabe na próxima visita seja estabelecido o domingo como dia de culto em Cuba.

O Vaticano segue a cartilha profética; o Apocalipse coloca esse poder religioso contemporâneo como 'a Grande Cidade' (cap.18) que mercadeja com "ela os reis da terra, que com ela se prostituíram e viveram em luxúria...dizem: Tu, grande cidade, Babilônia, tu, poderosa cidade! (...) os mercadores da terra.. compram a sua mercadoria... até almas humanas". 

Sob esse comércio de almas (pois assim afirma o Apocalipse) já se foram o Comunismo; aos poucos o Islamismo se curva também diante da Primeira Besta.

O apologeta cristão protestante Ravi Zacharias declara que "os hebreus buscavam a Luz como ideal; os gregos buscavam o conhecimento; já os romanos buscavam a glória como ideal. Os hebreus nos deram pressupostos morais; e os gregos nos deram os pressupostos filosóficosos e os romanos os pressupostos legais".

Porém a mais terrível herança dos romanos foi a união do estado romano com a religião cristã. A igreja romana mercadeja as almas, obstrui a verdadeira essência do cristianismo e adultera verdades fundamentais.

Par ser um cristão, não basta parecer um cristão; você tem de se comportar como um deles.

E o Vaticano não parece e nem se comporta como estado cristão. Pompa, riqueza e luxúria são descritos no Apocalipse e visto por todos. 

OS IRANIANOS SEDUZIDOS PELA AMÉRICA



 “O filme iraniano de Asghar Farhadi, levou o Globo de Ouro de Melhor Filme Estrangeiro, o Urso de Ouro no Berlinale e agora o Oscar de melhor filme estrangeiro de 2011; é um filme em que trata dos dilemas que o Corão impõe a uma sociedade, marcada pelo espelhamento da vida consumista do Ocidente, das TVs por assinatura e da alienação diante da questão nuclear, simplesmente porque os cidadãos que têm posses não assistem às TVS estatais”. RO Candel

Como conquistar uma sociedade religiosa extremista e impor valores ocidentais a ela? Nos EUA isso se faz premiando quando eles mimetizam os valores ocidentais.

O filme é a história de uma “esposa que quer ir embora do Irã, obtém seu visto, mas o marido nega-se a partir com ela por conta de ter um pai com Alzheimer, sob sua tutela, em estágio avançado. Assim, o fato de ela desejar sair do país determina o pedido de divórcio, ao qual o marido é refratário, mas não quer, ao mesmo tempo, impedi-la de viajar. A esposa vai embora do apartamento do casal e segue para a casa de seus pais; no entanto, a filha, permanece junto ao pai e testemunha uma fatalidade que ocorre na vida familiar”.

Bem ao estilo de Hollywood – divórcio, separação da família e intriga.

Essa é a estratégia americana para “seduzir os que habitam sobre a terra” Apocalipse 13.14.
  
Curiosamente são os filmes, a comida, o modo de vestir, os valores (carros, casas, objetos), o estilo de vida (promíscuo e sexual) que encanta o resto do planeta. Os valores ocidentais são exaltados e quando copiados são premiados.

É assim que a Segunda Besta age para “seduzir” quando o estilo de vida norte-americano é adotado. O “american dream” é um pesadelo, pois leva o mundo para a armadilha apocalíptica da destruição de Babilônia.

O mundo muçulmano em sua ‘primavera árabe’ começa a ceder diante dos valores ocidentais; mais um muro esta a cair; a exemplo do muro de Berlim, o muro religioso do Islã aos poucos vai sendo desconstruído pela substituição de valores e princípios.

Será que Ahmadinejad gostou do Oscar que seus compatriota ganharam?

ENQUANTO ISSO, NO VATICANO...


Milhões de pessoas estão festejando uma das maiores festas do planeta, o carnaval; uma festa sincretista apoiada pela igreja romana, que fecha a comemoração com a 'Quarta de Cinzas', uma missa de perdão pelos pecados e excessos dos carnavalescos.
Enquanto os fiéis festejam e infiéis (prostestantes) estão longe da mídia (em retiros espirituais) Ratzinger trabalha.
Ratzinger "neste sábado celebrou na Basílica de São Pedro do Vaticano o quarto consistório de seu Pontificado para nomear 22 novos cardeais.
Dos 18 eleitores, 12 são europeus, um latino-americano, três norte-americanos e dois asiáticos. Dos 12 europeus eleitores, sete são italianos, o que representa uma potencialização da igreja italiana, que se coloca como a primeira no número de cardeais com um total de 52, 30 deles eleitores.
Após a Itália, os Estados Unidos possuem 19 cardeais (12 eleitores), seguidos pela Espanha com 10 (cinco eleitores), Brasil também com 10 (seis eleitores) e França com 9 (quatro eleitores).
Com os novos cardeais, a igreja europeia amplia seu peso no Colégio Cardinalício, onde passa a ter 119 membros. A América Latina continua sendo a segunda colocada, agora com 32 cardeais, seguida pela América do Norte, com 22, Ásia com 20, África com 17 e Oceania com quatro.
Com estas nomeações, o Colégio Cardinalício fica formado por 214 cardeais, dos quais 125 podem participar em um eventual Conclave para a escolha do papa".
A forte representação européia e italiana desta 'igreja' denuncia a sua origem - romana. As origens hebraico-judaicas tanto do evangelho como do corpo doutrinário são ignoradas, dando lugar a tradição e o secularismo.
As decisões de um colegiado europeu cumpre a profecia apocalíptica, pois em Apocalipse 18 a visão é de uma igreja sobre um reino, retratado como a Europa. 
A igreja romana tem nos clérigos sua magistratura. E sua expressão máxima no pontificado do Papa – muito bem retratado pela profecia como ‘ponta pequena’ ou ‘chifre pequeno’ (Daniel 8.9); indicando o poder da Besta ( ou animal = reino) que representa o estado do Vaticano na profecia.

Os poderes das trevas estão ‘trabalhando duro’; o Apocalipse afirma que “o diabo está em nosso meio, cheio de grande ira, sabendo que pouco tempo lhe resta” Ap 12.12.

A ira de Satanás não consiste hoje em queimar os crentes (talvez ele saiba que seduzi-los vai redundar no mesmo resultado – queimar no inferno) ou destruir igrejas; mas seu último esforço é entreter o povo de Deus com festas de carnaval, blocos gospels e dezenas de outras formas de entretenimentos ‘mundanos’.

O ‘filho da perdição’ (2 TS 2.3) está como o seu ‘pai da mentira’ (Jo 8.44), ocupado em seus propósitos para enganar a muitos.